Aumentar fonte:

Tesouro Nacional emite R$ 40 bilhões em títulos para o Banco Central

Emissão é necessária para manter equilibradas as condições diárias de liquidez bancária

O Tesouro Nacional emitiu hoje (04/01) R$ 40 bilhões em títulos da União, sem contrapartida financeira, para o Banco Central do Brasil (BCB). A emissão foi realizada em conformidade com o art. 3º da Lei nº 10.179, de 6 de fevereiro de 2001, e com a Portaria nº 241, de 4 de junho de 2009, que autorizam a emissão de títulos ao BCB com o objetivo de manter a carteira daquela autarquia em dimensões adequadas para a condução da política monetária.

A emissão é necessária para manter em equilíbrio as condições diárias de liquidez bancária, de modo que a taxa de juros de mercado (Selic) esteja em linha com a definida pelo pelo Comitê de Política Monetária (Copom).

Em janeiro, já está prevista uma ampliação sazonal da liquidez do mercado. Entre os fatores que contribuem para isso está o vencimento de títulos públicos em mercado em 1º de janeiro de 2016, no montante de R$ 141,9 bilhões. As emissões para recompor o chamado "colchão da dívida" deverão ocorrer ao longo do primeiro trimestre de 2016, conforme programação.

Nesse contexto, a emissão de títulos pelo Tesouro Nacional para o Banco Central tem o objetivo de suprir a carteira da autoridade monetária com títulos públicos em montante suficiente para viabilizar as operações compromissadas.

Confira abaixo as características dos títulos emitidos: