Aumentar fonte:

Relacionamento com Investidores

 

A Gerência de Relacionamento Institucional do Tesouro Nacional - GERIN foi criada em 2001, integrando a Coordenação-Geral de Planejamento Estratégico da Dívida Pública – COGEP. As principais funções da área de Relacionamento Institucional são desenvolver, manter e aperfeiçoar o contato com entes participantes dos mercados financeiros nacional e internacional, de forma a provê-los de transparência e de melhor nível de informação sobre a gestão da Dívida Pública Federal – DPF e a política de financiamento do Tesouro Nacional, assim como contribuir para a ampliação da base de investidores.

A GERIN, além de atender a investidores externos e domésticos, tem como público analistas de ativos e agências de rating, e seu trabalho tem ênfase no gerenciamento da dívida pública e, indiretamente, na política fiscal. Entre suas atividades, estão a elaboração de informes sobre fatos relevantes relacionados à DPF e de apresentações para investidores em geral, agências de rating e demais participantes dos mercados nacional e internacional; manutenção do site da Secretaria do Tesouro Nacional relacionado à DPF; além da realização de reuniões periódicas e conference calls com os principais agentes do mercado.

No Brasil, a sociedade e o conjunto da comunidade financeira também podem contar, além da GERIN do Tesouro Nacional, com a Gerência-Executiva de Relacionamento com Investidores do Banco CentralA Gerência-Executiva de Relacionamento do Banco Central foi criada em abril de 1999, como parte do arcabouço do regime monetário de metas para a inflação. Seu objetivo é aperfeiçoar a comunicação entre o Banco Central do Brasil e o setor privado, com foco nos investidores domésticos e externos, disponibilizando informações sobre diversos aspectos da economia brasileira, em especial sobre as políticas econômica e monetária. A Gerência-Executiva de Relacionamento com Investidores do Banco Central do Brasil é também responsável pela Pesquisa de Expectativas de Mercado, iniciada em maio de 1999, também como parte da transição para o regime de metas inflacionárias.

Páginas Relacionadas

Presidência da República
•  Planejamento, Desenvolvimento e Gestão
•  Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA)
•  Ministério das Relações Exteriores
•  Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA)
•  Banco Central do Brasil
Comissão de Valores Mobiliários (CVM)
Sistema de Negociação de Títulos Públicos (SISBEX)
•  Portal do Investidor
   
   
 

 

 

Sistema de Negociação de Títulos Públicos (SISBEX)